Efeito na ondas cerebrais

Os efeitos da Música Multidimensional foram recentemente medidos e comprovados no Institute of Higher Nervous Activity & Neuro-Physiology em Moscovo, pelo Dr. Dimitri Igorievitch VALUEV, psicoterapeuta, psicólogo e psiquiatra no Hospital nº17 de Moscovo.

A aplicação das medidas foi feita através do uso de equipamentos extremamente sofisticados:
Um Electro-Encefalograma (EEG) com 22 canais de 0 a 30 KHz, dando uma clara imagem da actividade cerebral, da sincronização dos hemisférios e da entropia.

Os primeiros resultados destas pesquisas confirmam de forma muito clara, a específica capacidade desta música para o acesso às funções elevadas do cérebro e às informações do subconsciente e do inconsciente, que permitem a expansão da consciência e o aprofundamento da criatividade.

COMENTÁRIOS DO PROFESSOR VALUEV :

TODOS OS CD´S FORAM TESTADOS E TODOS CAUSARAM UM EFEITO QUALITATIVO NA DINÂMICA DAS ONDAS CEREBRAIS :
CAUSARAM UMA MELHORIA DA SINCRONIZAÇÃO DOS HEMISFÉRIOS CEREBRAIS

PROVOCARAM UM AUMENTO DAS ONDAS THETA (ONDAS MUITO LENTAS RESPONSÁVEIS PELO ACESSO À INFORMAÇÃO DE DADOS DO SUBCONSCIENTE E AO POTENCIAL CRIATIVO) ASSIM COMO DAS ONDAS ALPHA QUE CORRESPONDEM AOS ESTADOS DE PROFUNDA RELAXAÇÃO E MEDITAÇÃO.

REDUZIRAM AS “MÁS" ONDAS BETA RESPONSÁVEIS PELOS ESTADOS DE HIPERACTIVIDADE E DESORDEM.

AUMENTARAM AS “BOAS" ONDAS DE FREQUÊNCIA BETA CORRESPONDENTES COM AS ELEVADAS CAPACIDADES DE INTUIÇÃO E A PERCEPÇÃO EXTRA-SENSORIAL.
ESTES ESTUDOS COMPROVARAM AS FUNÇÕES NEGUENTRÓPICAS DA MMD NO CÉREBRO.

– AQUI ESTÃO ALGUNS DOS PRIMEIROS RESULTADOS : Foram comparados diversos estados: estado normal de olhos fechados, meditação, e audição da MMD com os olhos fechados.

– Mapas que mostram a correlação cruzada de informação à esquerda e o nível de entropia à direita (o nível de entropia é correspondido com o funcionamento multidimensional do cérebro a executar múltiplas tarefas em múltiplas dimensões), em 24 pontos de registo do EEG.

– A escala de valores está representada por baixo de cada mapa.

– Cada uma destas imagens representa a totalidade do cérebro.

– Do lado esquerdo podemos ver a distribuição espacial da informação no cérebro de acordo com diferentes medições das ondas cerebrais.

– Na imagem do lado direito podemos observar a entropia, através de uma fotografia de um “caos organizado" e de um processo oscilatório que reflecte o número de níveis de activação da estimulação não-linear, assim como da intensidade destes processos multidimensionais.

MEDITAÇÃO SEM SE OUVIR A MUSICA.

méditation sans musique

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

Houve uma redução considerável da actividade cortical através das ondas de baixa frequência.
Ao mesmo tempo, as ondas BETA mantinham-se muito activas mas com formas caóticas (pensamentos agitados e erróneos).

Por outro lado, a esta altura, houve um ordenamento da informação no lado direito do cérebro (zona azul).

AUDIÇÃO DO CD CREATION DE JACOTTE CHOLLET

CD Creation mesure ondes cérébrales
Début écoute
Milieu écoute

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

No início mantêm-se um aumento da actividade do alcance das frequências THETA e BETA (testes 5 & 6) : a actividade focalizada na zona posterior direita e na zona parietal/occipital do lado esquerdo, demonstra os índices de sincronização e entropia, comprovando assim uma actividade criativo-intuitiva, uma eficiente percepção e um contacto com a informação inconsciente (THETA a vermelho e ALPHA a violeta).

Follow up da actividade referenciada na fig. 5. O mesmo tipo de actividade processada posteriormente.

Verificamos o aumento da actividade ALPHA & THETA.
Na fig. 21 demonstra-se marcadamente a actividade de frequências correspondentes à telepatia e à “comunicação extra-sensorial.

AUDIÇÃO DO CD RENAISSANCE DE JACOTTE CHOLLET

CD Renaissance mesure ondes cérébrales
Début écoute
Milieu écoute

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

Na imagem do lado esquerdo podemos notar que há uma marcada amplificação do ritmo THETA (inconsciente individual, intuição, criatividade), que é congruente com a redução da actividade dos valores normais BETA, que demonstram o estado de vigilância.

Podemos também reparar na activação da sincronização entre a zona temporal/parietal do lado esquerdo e a zona frontal do hemisfério direito (padrão da actividade criatividade, da verbalização de ideias e sentidos criativos).

Estamos perante o mesmo processo evolutivo presente no início da música, mas com um acentuado valor da coerência.

Na fig. 15 notamos um aumento da actividade das frequências que correspondem à intuição e à percepção extra-sensorial.

EFEITO NA CELULAS SANGUINEAS

Clique aqui

EFEITO NA CHAKRAS

Clique aqui