Efeito na ondas cerebrais

Os efeitos da Música Multidimensional foram recentemente medidos e comprovados no Institute of Higher Nervous Activity & Neuro-Physiology em Moscovo, pelo Dr. Dimitri Igorievitch VALUEV, psicoterapeuta, psicólogo e psiquiatra no Hospital nº17 de Moscovo.

A aplicação das medidas foi feita através do uso de equipamentos extremamente sofisticados:
Um Electro-Encefalograma (EEG) com 22 canais de 0 a 30 KHz, dando uma clara imagem da actividade cerebral, da sincronização dos hemisférios e da entropia.

Os primeiros resultados destas pesquisas confirmam de forma muito clara, a específica capacidade desta música para o acesso às funções elevadas do cérebro e às informações do subconsciente e do inconsciente, que permitem a expansão da consciência e o aprofundamento da criatividade.

COMENTÁRIOS DO PROFESSOR VALUEV :

TODOS OS CD´S FORAM TESTADOS E TODOS CAUSARAM UM EFEITO QUALITATIVO NA DINÂMICA DAS ONDAS CEREBRAIS :
CAUSARAM UMA MELHORIA DA SINCRONIZAÇÃO DOS HEMISFÉRIOS CEREBRAIS

PROVOCARAM UM AUMENTO DAS ONDAS THETA (ONDAS MUITO LENTAS RESPONSÁVEIS PELO ACESSO À INFORMAÇÃO DE DADOS DO SUBCONSCIENTE E AO POTENCIAL CRIATIVO) ASSIM COMO DAS ONDAS ALPHA QUE CORRESPONDEM AOS ESTADOS DE PROFUNDA RELAXAÇÃO E MEDITAÇÃO.

REDUZIRAM AS “MÁS" ONDAS BETA RESPONSÁVEIS PELOS ESTADOS DE HIPERACTIVIDADE E DESORDEM.

AUMENTARAM AS “BOAS" ONDAS DE FREQUÊNCIA BETA CORRESPONDENTES COM AS ELEVADAS CAPACIDADES DE INTUIÇÃO E A PERCEPÇÃO EXTRA-SENSORIAL.
ESTES ESTUDOS COMPROVARAM AS FUNÇÕES NEGUENTRÓPICAS DA MMD NO CÉREBRO.

– AQUI ESTÃO ALGUNS DOS PRIMEIROS RESULTADOS : Foram comparados diversos estados: estado normal de olhos fechados, meditação, e audição da MMD com os olhos fechados.

– Mapas que mostram a correlação cruzada de informação à esquerda e o nível de entropia à direita (o nível de entropia é correspondido com o funcionamento multidimensional do cérebro a executar múltiplas tarefas em múltiplas dimensões), em 24 pontos de registo do EEG.

– A escala de valores está representada por baixo de cada mapa.

– Cada uma destas imagens representa a totalidade do cérebro.

– Do lado esquerdo podemos ver a distribuição espacial da informação no cérebro de acordo com diferentes medições das ondas cerebrais.

– Na imagem do lado direito podemos observar a entropia, através de uma fotografia de um “caos organizado" e de um processo oscilatório que reflecte o número de níveis de activação da estimulação não-linear, assim como da intensidade destes processos multidimensionais.

MEDITAÇÃO SEM SE OUVIR A MUSICA.

méditation sans musique

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

Houve uma redução considerável da actividade cortical através das ondas de baixa frequência.
Ao mesmo tempo, as ondas BETA mantinham-se muito activas mas com formas caóticas (pensamentos agitados e erróneos).

Por outro lado, a esta altura, houve um ordenamento da informação no lado direito do cérebro (zona azul).

AUDIÇÃO DO CD CREATION DE JACOTTE CHOLLET

CD Creation mesure ondes cérébrales
Début écoute
img
Milieu écoute

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

No início mantêm-se um aumento da actividade do alcance das frequências THETA e BETA (testes 5 & 6) : a actividade focalizada na zona posterior direita e na zona parietal/occipital do lado esquerdo, demonstra os índices de sincronização e entropia, comprovando assim uma actividade criativo-intuitiva, uma eficiente percepção e um contacto com a informação inconsciente (THETA a vermelho e ALPHA a violeta).

Follow up da actividade referenciada na fig. 5. O mesmo tipo de actividade processada posteriormente.

Verificamos o aumento da actividade ALPHA & THETA.
Na fig. 21 demonstra-se marcadamente a actividade de frequências correspondentes à telepatia e à “comunicação extra-sensorial.

AUDIÇÃO DO CD RENAISSANCE DE JACOTTE CHOLLET

CD Renaissance mesure ondes cérébrales
Début écoute
img
Milieu écoute

A VERMELHO ESTÃO AS ONDAS THETA – A VIOLETA ESTÃO AS ONDAS ALPHA

Na imagem do lado esquerdo podemos notar que há uma marcada amplificação do ritmo THETA (inconsciente individual, intuição, criatividade), que é congruente com a redução da actividade dos valores normais BETA, que demonstram o estado de vigilância.

Podemos também reparar na activação da sincronização entre a zona temporal/parietal do lado esquerdo e a zona frontal do hemisfério direito (padrão da actividade criatividade, da verbalização de ideias e sentidos criativos).

Estamos perante o mesmo processo evolutivo presente no início da música, mas com um acentuado valor da coerência.

Na fig. 15 notamos um aumento da actividade das frequências que correspondem à intuição e à percepção extra-sensorial.

EFEITO NA CELULAS SANGUINEAS

Clique aqui

EFEITO NA CHAKRAS

Clique aqui